What To Do

Moules & Beer

Um conceito que envolve mexilhões e cerveja, vinho ou gin é, para mim, e logo à partida um conceito vencedor. Se envolver batatas fritas crocantes e uma variedade generosa de molhos servidos num espaço despretensioso, tanto melhor. 


Moules & Co é isso e muito mais. Mas vamos por partes. Para quem não sabe, os mexilhões estão para a Bélgica como o bacalhau está para Portugal. Os belgas são loucos por moules e levam a coisa muito a sério. Mais do que apenas um petisco, é uma refeição servida praticamente em todo o lado.   


Por cá o conceito chegou em 2013, primeiro com o Moules & Gin, em Cascais, e depois com este Moules & Beer, em Campo de Ourique. Já em 2014 abriu no LX Factory o Moules & Wine. Pelo meio abriu ainda um quiosque na Praça do Martim Moniz e estreou o conceito Moules & Go, uma carrinha que marca presença em eventos um pouco por todo o país. Transversal a todos é aquilo que se come, sendo mais específico de cada um aquilo que se bebe, tal como os próprios nomes indicam. Mas apenas por uma questão de conceito e de especialização, atenção, já que poderá sempre beber cerveja, gin e vinho em qualquer um deles.


No caso deste Moules & Beer, não há como não reparar nas cervejas. São muitas marcas diferentes, desde as clássicas belgas, alemãs e holandesas, às portuguesas mais artesanais. E dentro destas há de tudo um pouco. Contei pelo menos seis marcas distintas, que vão das premiadas internacionalmente à primeira cerveja tradicional feita em Lisboa. 


Uma vez sentados é impossível não reparar quão simples e despretensioso é o espaço. Um exemplo: na mesa está um rolo de papel de cozinha no lugar dos guardanapos. 


A informalidade mantém-se quando chegam os pedidos. A entrada (tábua com tártaro de salmão, tártaro de atum e vinagrete de mexilhão) é servida sem pratos; come-se directo da tábua e com a ajuda das tostas ou do pão (ainda quente). Com a chegada dos baldes (o termo é mesmo este) de mexilhões, lá chega o primeiro prato, mas que serve apenas para colocar as cascas. Os talheres estão lá, mas não fazem falta. Aqui come-se à mão sem qualquer tipo de pudor. Sempre acompanhados por batatas fritas tão boas que nos faziam ir à Bélgica e voltar (felizmente já não é preciso), as opções de moules são tentadoras e variadas. Provámos o molho Pesto e de Mostarda, mas podíamos ter experimentado o Thai, o Curry ou à Bulhão Pato (este cheira-me que os belgas não devem ter por lá), entre muitos outros. 


Para fechar e porque nem só de mexilhão vive este Moules, ainda provámos um delicioso Picadinho de Lombo. Para não destoar, comemos directamente da tábua. Houvesse apetite para mais e ainda nos atirávamos para as sobremesas, mas o dia era de trabalho e o relógio já marcava 15h. Informalidade, sim senhor, mas não podíamos correr o risco de ir dormir para o escritório.


No caminho de volta para o Príncipe Real ainda nos lembrámos do fado da Amália que cantava “Lisboa não seja francesa”. Hoje os tempos são outros e, pela parte que nos toca, não nos importamos nada que a nossa Lisboa tenha esta costela belga. 


Moules & Beer

Rua 4 da Infantaria, 29D 

Campo de Ourique

Tel: 213 860 046

www.moules.pt


MOULES  & GIN      Cascais - 21 486 76 04

MOULES  & BEER     Lisboa -  21 386 00 46

MOULES  & WINE    Lx Factory - 21 134 05 79

MOULES  & Go            Everywhere

MOULES  & GIN       Mercado de Fusão, Martim Moniz


facebook www.facebook.com/MoulesAndCo



+MYLISBON
INFORMAÇÕES

Horário: Aberto todos os dias das 12.30h às 24.00h

Telefone: +351 213860046

Email: info@moules.pt

Morada: Rua 4 da Infantaria, 29D , 1250-268 Campo de Ourique

Pay À Mesa
LisbonLovers Shop