What To Do

Eléctrico 28

Saindo do Martim Moniz, o 28 dirige-se ao bairro da Graça, na direcção do mosteiro de São Vicente de Fora, que merece uma visita pela sua imponência. Por detrás do mosteiro, fica o Campo de Santa Clara, onde às terças e sábados há um mercado, a Feira da Ladra, onde tudo se compra e vende.

O eléctrico continua por Alfama, passando por algumas das ruas e praças mais pitorescas da zona medieval de Lisboa, como a Rua das Escolas Gerais, o Largo das Portas do Sol, um belo miradouro sobre o rio, e mais acima o Castelo de São Jorge. Descendo em direcção à Baixa, o 28 passa pela Catedral de Lisboa, de fachada românica austera, y pela Igreja de Santo António, o santo predilecto da cidade. Continuando a descer pela movimentada Rua da Conceição, vale a pena sair na Baixa Pombalina, projectada pelo Marquês de Pombal depois do terramoto de 1755.

O eléctrico sobe a elegante colina do Chiado, parando quase em frente do famoso café A Brasileira, onde a estátua do poeta Fernando Pessoa espera pela sua companhia. Ao longo de todo o percurso vale a pena prestar atenção à arquitectura dos edifícios, aos azulejos que forram as fachadas e os frisos de estilo Arte Nova. Ao caminho para a Estrela, admire o edifício da Assembleia da República, antigo convento de São Bento, no alto da sua grande escadaria.

Compreende agora porque a este eléctrico é conhecido pelo eléctrico dos turistas?

via www.visitlisboa.com


+MYLISBON
Pay À Mesa
LisbonLovers Shop