What To Do

Restaurante El Clandestino

Tão feliz que estava quando descobri que havia um restaurante muito acolhedor no Príncipe Real onde se combinam os meus dois pratos preferidos! O restaurante chama-se El Clandestino e fica na esquina onde a Rua da Rosa se cruza com o Príncipe Real. 

Como vivi meio ano no México, sou bastante crítica em relação a restaurantes mexicanos e "taquerías". Na maioria dos restaurantes mexicanos fico desiludida pela comida ser demasiado "Europeia", nada a ver com a verdadeira "cucina mexicana". Mas n'El Clandestino não servem apenas comida mexicana, mas sim um misto de pratos típicos da América Latina. Os ceviches, para além dos tacos, são a especialidade da casa. Para quem não conhece ceviche, é um prato de origem peruana baseado em peixe cru marinado em sumo de citrinos. O tipo de peixe no ceviche pode ser muito variado e normalmente a cebola, coentros, salsa e pimentos picantes também fazem parte do prato.

Assim que pusemos um pé no restaurante já nos sentíamos bem-vindos. Os colaboradores receberam-nos com um sorriso e boa disposição. Um interior muito agradável, teto muito alto, com uma espécie de marquise. Combinações de cores quentes e latinas. Mobília em madeira e decorações à la Mexico. Pelas 20h30, o restaurante já estava bem composto. Casais e grupos de amigos jovens estavam a petiscar uns tacos com ótimo aspeto e a apreciar deliciosos cocktails ao som de uma música ambiente com um toque latino.

Sentamo-nos numa mesa ao pé do bar. Os dois barmen estavam concentradíssimos a preparar margaritas e sangrias com mil e um ingredientes enquanto as empregadas de mesa sugeriam as recomendações da casa. Como entrada os totopos com três "salsas" são uma delícia. Entre os "frijoles" (puré de feijão preto), salsa verde e "pico de gallo" (tomate, coentros e cebola picada) não sei qual preferi. Como entrada também experimentámos as "quesadillas". Estas "quesadillas", com flor de courgete e cogumelos, revelaram-se uma autêntica "quesadilla" mexicana em versão gourmet. 

Como prato principal, e para um jantar a dois, recomendo partilhar um ceviche e duas dose de tacos (são três tacos por dose). Nós optámos pelo famoso Ceviche Clandestino - Corvina crua com sumo de citrinos e húmus e milho tufado. Que excelente combinação de sabores. A qualidade do peixe estava muito boa mesmo e a combinação do ácido dos citrinos e crocante e salgado do milho surpreendente! Depois vieram os tacos. Para continuar com os sabores do mar, tacos de camarão com manga, seguido dos tacos Solomillo com lombo de novilho muito saboroso.

O ponto alto da refeição foi a sobremesa na qual, mais uma vez, a combinação de sabores foi surpreendente e inovadora. O "Jardim de Churros" é um pecado. São pequenos churros, mega crocantes e acabados de fritar, servidos com doce de leite e espuma de lima. Sim, doce de leite e lima. Quem diria. Muito bom!

Para acompanhar esta refeição, que levou quase três horas, bebemos a especialidade da casa: as margaritas. Tanto a tradicional como a de morango são um must.

Gosto muito de refeições onde se partilham os pratos e aqui, com os totopos de entrada e três tacos por prato, a partilha é garantida. Adorei o ambiente do restaurante. Tanto para um jantar a dois como para um petisco com os amigos, El Clandestino será um dos meus spots de eleição em Lisboa.

Tendo trabalhado alguns anos na restauração, enquanto era estudante, n'El Clandestino, bateram as saudades de servir à mesma. Se tivesse que escolher um restaurante onde trabalhar em Lisboa, seria n'El Clandestino. O espírito de equipa e prazer em proporcionar noites agradáveis aos clientes sentiu-se. Obrigada pela experiência. Voltarei em breve.


+MYLISBON
INFORMAÇÕES

Horário: De 2ª a Domingo das 19h30 às 02h00

Telefone: +351 915035553

Morada: Rua da Rosa, 321, 1250-096 Lisboa

Vodafone Fibra
LisbonLovers Shop