Lisbonlovers como tu

Kalaf Angelo

Benguelense, fui criado no seio de uma família de funcionários públicos, com ligações à vila da Catumbela, lugar que visito com regularidade. A música e palcos do mundo me permitem pelo menos traçar um mapa afectivo das pessoas que me habitam a memória e dos locais que me marcaram - da Fábrica de Açúcar do Cassequel ao Caminho de Ferro de Benguela, da Restinga do Lobito à Rua Jacob de Paiva, onde aprendi a equilibrar-me numa bicicleta. A aventura poética, esta teve início em finais dos anos 90, numa altura em que Lisboa ensaiava novas linguagens rítmicas, buscando novos caminhos para a música urbana feita em português. Neste percurso cruzei-me com os pioneiros do movimento Drum and Bass Cooltrain Crew, embarquei na viagem sónica dos Spaceboys, contei estórias do agente Bulllet e com 1 Uik Project e Type fiz dois "disco- falados" que me valeram o título de Poeta-Cantor. Multipliquei-me ainda nos álbuns de Spill, Loopless, Sara Tavares, Sam The Kid e em 2003 juntamente com o produtor João “Branko“ Barbosa, convencidos de que era possível exportar Lisboa para mundo, fundámos a Enchufada, núcleo de produção musical, editora independente e incubadora de ideias como Buraka Som Sistema.
SOBRE...
Músico, cronista e editor discográfico
Mini Countryman
LisbonLovers Shop